logo sílabas

SEPARAR EM SÍLABAS

Separar e contar as sílabas. V.6.0

 Escolha idioma:


 Digite uma palavra:


Por favor escreva a palavra de forma correta.

pros-ti-tu-i-çao
[pɽos.ti.twi.sˈə̃w]
  • Quantas sílabas tem prostituiçao? 5 sílabas
  • É uma palavra paroxítona (Brasil) ou também chamado grave (Portugal), acento tônico na penúltima sílaba.
    • A combinação ao em palavras portuguesas pode representar tanto um hiato como um ditongo. No caso de um hiato, as vogais 'a' e 'o' são pronunciadas em sílabas separadas. No entanto, em muitas palavras comuns, 'ao' forma um ditongo descendente e é pronunciado junto na mesma sílaba, como em 'pão' e 'co-ra-ção'. É importante distinguir entre essas duas possibilidades para entender a estrutura silábica de cada palavra. Veja mais exemplos de palavras com 'ao'.
      * Quando 'ao' forma um ditongo nasal, como em 'pão', não é separado.
      Ditongo ui (ou hiato u-i). A sequência de letras 'ui' apresenta uma complexidade na língua portuguesa, podendo ser pronunciada tanto como ditongo [uj] (Exemplos: muito, uivar, cuieira) quanto como hiato [ui] (Exemplos: abluir, ruir, constituir). De acordo com o novo Acordo Ortográfico, em palavras como 'fluido', o ditongo 'ui' é inseparável, resultando em 'flui-do'. No entanto, em palavras derivadas como 'fluidez', ocorre a separação, resultando em 'flu-i-dez'. Dicionários como Priberam, Michaelis, OQueSignifica, Houaiss e Aulete indicam que a sequência pode ser pronunciada tanto como ditongo [uj] quanto como hiato [ui], diferentemente do que ocorre com 'fluido'. Aulete reconhece ambas as possibilidades. Para mais exemplos de palavras com 'ui', clique aqui
      Informação extra sobre 'ui' e 'iu'. Segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), Base VII, 1º, os ditongos orais, tanto tônicos quanto átonos, são agrupados de acordo com o segundo elemento do ditongo ser 'i' ou 'u'. Entre eles, encontramos ai, ei, éi, ui; e também au, eu, éu, iu, ou. Exemplos incluem palavras como goi-vo, ui-var, de-veis, ei-ra-do, goi-var, bra-çais, cai-xo-te, far-néis (e sua forma diminutiva farneizinhos), len-çóis (e lençoizinhos); ca-cau, me-diu, pas-sou, en-deu-sar, re-gou-gar, ca-cau-ei-ro, i-lhéu (e i-lheu-zi-to).
      Informação extra sobre 'ui'. De acordo com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), Base VII, 2º, existem preceitos específicos para os ditongos orais, entre eles:
      • a) O ditongo ui é utilizado, e não a sequência vocálica ue, nas formas de 2ª e 3ª pessoas do singular do presente do indicativo, bem como na forma de 2ª pessoa do singular do imperativo dos verbos terminados em -uir, como em 're-tri-bui', 'in-flui', 'ta-fuis', 'cons-ti-tuis'. Essas formas harmonizam-se com outros casos de ditongo ui no final de sílaba ou palavra (ex: 'fui', 'Rui', 'a-zuis', 'Guar-da-fui'), estabelecendo um paralelo gráfico-fonético com as formas de 2ª e 3ª pessoas do singular do presente do indicativo e de 2ª pessoa do singular do imperativo dos verbos em -air e -oer ('sai', 'cai', 'a-trais'; 'sói', 're-mói', 'móis').
      • b) O ditongo ui representa sempre, em palavras de origem latina, a união de um u a um i átono seguinte, não diferindo formas como 'flui-do' de 'gra-tui-to'. Nos derivados de formas desse tipo, as vogais u e i podem se separar, como em 'flu-i-dez', 'flu-í-di-co' (u-i).

      Exceções: Palavras terminadas em hiato [ui]; com a sílaba anterior acentuada são indivisíveis. Exemplos: Bá-dui.
      * Essas terminações não são comuns no Brasil, no entanto, seriam consideradas hiatos se houve um acento tônico no "i", mas como a sílaba anterior é acentuada, fica impossível ter dois acentos gráficos na palavra.
      De acordo com o Acordo Ortográfico Da Língua Portuguesa (1990), Base VII, 2º-C, além dos ditongos orais propriamente ditos, que são todos decrescentes, admite-se a existência de ditongos crescentes. Estes incluem sequências vocálicas pós-tônicas representadas graficamente por ea, eo, ia, ie, io, oa, ua, ue, uo. Exemplos específicos incluem: 'áu-re-a', 'áu-re-o', 'ca-lú-ni-a', 'es-pé-ci-e', 'e-xí-mi-o', 'má-go-a', 'tê-nu-e', 'trí-du-o'. Estas sequências são reconhecidas como ditongos crescentes devido à sua posição após a sílaba tônica nas palavras, diferenciando-as assim das sequências vocálicas que não formam ditongos crescentes.
      * Para mais informações sobre separação silábica, consulte aqui.
      [u + vogal] Se a letra 'u' não acentuada for seguida por outra vogal não acentuada este encontro vocálico pode ser pronunciado de duas maneiras distintas:
        1. Como ditongo crescente 'ua', 'ue', 'ui', 'uo', 'uu', com a pronúncia das duas vogais em uma mesma sílaba e realização de 'u' como semivogal. Exemplos: tê-nue.
        2. Como hiato 'u-a', u-e', u-i', u-o', u-u', com a separação das duas vogais em duas sílabas distintas e a representação de 'u' como vogal. Exemplos: tê-nu-e.
      * É importante destacar que essas variações pertencem ao âmbito da pronúncia e podem refletir diferenças regionais ou de estilo pessoal na fala. No entanto, de acordo com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, a divisão silábica em nível escrito segue regras específicas e uniformes, estabelecendo uma única maneira correta de separar as palavras em sílabas.
      De acordo com o site Planetaeducacao: No momento da separação silábica, atente que as formas de ditongos “ui”, como em 'fluido' e 'gratuito' são inseparáveis, porém, nada impede que os seus derivados sejam separáveis. Exemplos:
      • Fluido ---> Flui-do (inseparável).
      • Fluidez ---> Flu-i-dez (separável).

      Semelhante ao 'pl', o dígrafo 'pr' combina 'p' com 'r' para formar um som inicial de sílaba único e distintivo. 'Pr' é sempre considerado indivisível na divisão silábica, desempenhando um papel vital em várias palavras do idioma. Exemplos notáveis são 'prato', 'preço', 'primeiro', 'problema', 'prescrever', refletindo o uso extensivo de 'pr' em termos fundamentais do vocabulário português. Saiba mais sobre dígrafos.
      Possível encontro consonantal perfeito 'pr' (também chamado de próprio, ou inseparável ou puro). Há encontro consonantal perfeito quando, na divisão silábica, as consoantes se mantêm inseparáveis, permanecendo dentro da mesma sílaba. É o caso das consoantes "l" e "r" juntamente com outras consoantes: dr, tr, gr, vr, cl, fl, pl, bl,... e os grupos consonantais que aparecem no início das palavras. Exemplos: Bra-sil, a-tlân-ti-co, a-tle-ta, blu-sa, brin-co, cla-ro, cli-ma, dra-ma, es-cre-ve, flo-co, flo-res, fra-co, fri-ta-dei-ra, gno-mo, gru-po, in-glês, li-vro, pa-la-vra, pla-ca, pneu-má-ti-co, pra-te-lei-ra, pró-xi-mo, psi-có-lo-go, tri-go.
      Possível encontro consonantal imperfeito 'st' (também chamado de impróprio, ou separável, ou disjunto). Há encontro consonantal imperfeito quando, na divisão silábica, as consoantes se separam, ficando em sílabas diferentes. Os mais comuns são formados pelos encontros bj, bs, ct, dv, ft, gn, lm, ls, pt, rc, rt, st, tm... Exemplos: ab-sol-ver, ad-vo-ga-do, af-ta, af-tas, al-mo-ço, ap-ti-dão, ar-co, as-pec-to, bol-so, com-vul-são, cos-tas, dig-no, for-te, mag-né-ti-co, ob-je-ti-vo, por-tão, rit-mo.

Mais informações



Logo Separar em silabas

Separar em sílabas

Separe as palavras em sílabas (Hifenização).


[Català (Catalan)]  [English (English)]  [Español (Spanish)]  [Français (French)]  [Italiano (Italian)]  [Português (Portuguese)] 

[ Contacte-nos ] [ Politica de Privacidade ]


(C) www.separaremsilabas.com