logo sílabas

SEPARAR EM SÍLABAS

Separar e contar as sílabas. V.6.0

 Escolha idioma:


 Digite uma palavra:


Por favor escreva a palavra de forma correta.

pros-si-gui-rão
[pɾʊs.si.ɡwi.ɾə̃ʊ]
  • Quantas sílabas tem prossiguirão? 4 sílabas
  • É uma palavra oxítona (Brasil) ou também chamado aguda (Portugal), acento tônico na última sílaba.
    • Informação extra sobre 'ui'. De acordo com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990), Base VII, 2º, existem preceitos específicos para os ditongos orais, entre eles:
      • a) O ditongo ui é utilizado, e não a sequência vocálica ue, nas formas de 2ª e 3ª pessoas do singular do presente do indicativo, bem como na forma de 2ª pessoa do singular do imperativo dos verbos terminados em -uir, como em 're-tri-bui', 'in-flui', 'ta-fuis', 'cons-ti-tuis'. Essas formas harmonizam-se com outros casos de ditongo ui no final de sílaba ou palavra (ex: 'fui', 'Rui', 'a-zuis', 'Guar-da-fui'), estabelecendo um paralelo gráfico-fonético com as formas de 2ª e 3ª pessoas do singular do presente do indicativo e de 2ª pessoa do singular do imperativo dos verbos em -air e -oer ('sai', 'cai', 'a-trais'; 'sói', 're-mói', 'móis').
      • b) O ditongo ui representa sempre, em palavras de origem latina, a união de um u a um i átono seguinte, não diferindo formas como 'flui-do' de 'gra-tui-to'. Nos derivados de formas desse tipo, as vogais u e i podem se separar, como em 'flu-i-dez', 'flu-í-di-co' (u-i).

      Exceções: Palavras terminadas em hiato [ui]; com a sílaba anterior acentuada são indivisíveis. Exemplos: Bá-dui.
      * Essas terminações não são comuns no Brasil, no entanto, seriam consideradas hiatos se houve um acento tônico no "i", mas como a sílaba anterior é acentuada, fica impossível ter dois acentos gráficos na palavra.
      De acordo com o Acordo Ortográfico Da Língua Portuguesa (1990), Base VII, 2º-C, além dos ditongos orais propriamente ditos, que são todos decrescentes, admite-se a existência de ditongos crescentes. Estes incluem sequências vocálicas pós-tônicas representadas graficamente por ea, eo, ia, ie, io, oa, ua, ue, uo. Exemplos específicos incluem: 'áu-re-a', 'áu-re-o', 'ca-lú-ni-a', 'es-pé-ci-e', 'e-xí-mi-o', 'má-go-a', 'tê-nu-e', 'trí-du-o'. Estas sequências são reconhecidas como ditongos crescentes devido à sua posição após a sílaba tônica nas palavras, diferenciando-as assim das sequências vocálicas que não formam ditongos crescentes.
      * Para mais informações sobre separação silábica, consulte aqui.
      Ditongo nasal decrescente ão. Este ditongo é um dos mais comuns na língua portuguesa, encontrado em uma grande variedade de palavras como 'cão', 'mão', 'pão', 'co-ra-ção', 'o-pe-ra-ção', 'pri-são' e 'na-ção'. O 'ão' combina uma vogal nasal com uma semivogal em uma única sílaba, criando um som nasal característico. Para mais exemplos de palavras com 'ão', clique aqui.
      Exceções: se o encontro vocálico 'i' for seguido pela letra 'r' das palavras oxítonas e paroxítonas, as vogais 'u' e 'i' não formam ditongo, constituem um hiato u-ir e como tal, pertencem a sílabas diferentes. Exemplos: in-flu-ir, in-flu-ir-mos. Excepção: A sequência de letras 'uir+vogal' e 'q+uir' não cumprir com esta regra.
      [u + vogal] Se a letra 'u' não acentuada for seguida por outra vogal não acentuada este encontro vocálico pode ser pronunciado de duas maneiras distintas:
        1. Como ditongo crescente 'ua', 'ue', 'ui', 'uo', 'uu', com a pronúncia das duas vogais em uma mesma sílaba e realização de 'u' como semivogal. Exemplos: tê-nue.
        2. Como hiato 'u-a', u-e', u-i', u-o', u-u', com a separação das duas vogais em duas sílabas distintas e a representação de 'u' como vogal. Exemplos: tê-nu-e.
      * É importante destacar que essas variações pertencem ao âmbito da pronúncia e podem refletir diferenças regionais ou de estilo pessoal na fala. No entanto, de acordo com o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, a divisão silábica em nível escrito segue regras específicas e uniformes, estabelecendo uma única maneira correta de separar as palavras em sílabas.
      Ditongo formado por 'u' + vocal, antecedido de 'g' ou 'q': 'gui'. As combinações 'qu' e 'gu' seguem a vogal ou ditongo subsequente sem separação, independentemente da pronúncia do 'u'. Por exemplo: á-gua, bi-lin-gue, bi-quí-ni, e-ques-tre, gui-tar-ra, lin-gui-ça, pa-que-te, tran-qui-lo. A notação ortográfica não esclarece se o encontro vocálico é um ditongo crescente ou decrescente, gerando ambiguidade.
      Possível dígrafo consonantais separáveis 'ss'. São os que podem ser separados em duas sílabas. São eles: "rr", "ss", "sc", "xc" e "xs".
      Possível dígrafo consonantais inseparáveis 'gu'. São os que não podem ser separados em duas sílabas. São eles: "gu", "qu", "lh", "nh" e "ch".
      Separaram-se as letras do dígrafo ss. Ex.: as-sas-si-no. Veja mais exemplos de palavras com 'ss'.
      A sequência 'gu' seguida de 'e' ou 'i' pode atuar como um dígrafo no português, especialmente quando o 'u' é pronunciado suavemente para formar um único som com a 'g'. Isso evita a pronúncia dura de 'g' antes de 'e' e 'i'. Exemplos: 'guer-ra', 'gui-a', 'lin-guís-ti-ca', onde 'gue' e 'gui' são inseparáveis e funcionam como uma unidade fonética para manter a sonoridade suave de 'g'. Saiba mais sobre dígrafos.
      Semelhante ao 'pl', o dígrafo 'pr' combina 'p' com 'r' para formar um som inicial de sílaba único e distintivo. 'Pr' é sempre considerado indivisível na divisão silábica, desempenhando um papel vital em várias palavras do idioma. Exemplos notáveis são 'prato', 'preço', 'primeiro', 'problema', 'prescrever', refletindo o uso extensivo de 'pr' em termos fundamentais do vocabulário português. Saiba mais sobre dígrafos.
      Possível encontro consonantal perfeito 'pr' (também chamado de próprio, ou inseparável ou puro). Há encontro consonantal perfeito quando, na divisão silábica, as consoantes se mantêm inseparáveis, permanecendo dentro da mesma sílaba. É o caso das consoantes "l" e "r" juntamente com outras consoantes: dr, tr, gr, vr, cl, fl, pl, bl,... e os grupos consonantais que aparecem no início das palavras. Exemplos: Bra-sil, a-tlân-ti-co, a-tle-ta, blu-sa, brin-co, cla-ro, cli-ma, dra-ma, es-cre-ve, flo-co, flo-res, fra-co, fri-ta-dei-ra, gno-mo, gru-po, in-glês, li-vro, pa-la-vra, pla-ca, pneu-má-ti-co, pra-te-lei-ra, pró-xi-mo, psi-có-lo-go, tri-go.
      Prosódia (determinação da sílaba tônica): Se existe acento, a vogal marcada é tônica. Há umas exceções em algumas palavras com dois acentos.
      • O acento agudo e o circunflexo tem precedência sobre o til. Exemplos: es--vão, bên-ção, ór-gão, ór-fão, ór-fã, ã-a-. Neste caso não prevalesce o acento tiu como o mais forte.
      • Em alguns casos sim, como o exemplo da palavra zân-gão.
      • Sim prevalesce todos os aumentativos o acento tiu. Exemplos: frân-gão.

Mais informações



Logo Separar em silabas

Separar em sílabas

Separe as palavras em sílabas (Hifenização).


[Català (Catalan)]  [English (English)]  [Español (Spanish)]  [Français (French)]  [Italiano (Italian)]  [Português (Portuguese)] 

[ Contacte-nos ] [ Politica de Privacidade ]


(C) www.separaremsilabas.com